Linha Matéria-prima

ESPECIALIDADES BRASILEIRAS
ESPECIALIDADES BRASILEIRAS
ÓLEOS BIOATIVOS
ÓLEOS BIOATIVOS
ÓLEOS TRADICIONAIS
ÓLEOS TRADICIONAIS

Newsletter

Informativos

ÓLEOS TRADICIONAIS

 

ÓLEO DE AMÊNDOA DOCE – um dos mais tradicionais óleos usados em massagens; inclusive pode ser usado puro em bebês. Evita a formação de estrias causada pela gravidez. Tem ação hidratante, emoliente e reparadora da pele. Também é indicado em formulações de produtos capilares.

Ficha Técnica

 

ÓLEO DE AVELÃ – rico em ácido oléico (ômega 9) e com fração significativa de ácido linoléico (ômega 6), esse óleo é ainda mais nutritivo por conter altos teores de tocoferóis e β-sitosterol. Além de excelente emoliente, seu aroma doce e agradável faz dele um excelente ingrediente para formulações cosméticas.

Ficha Técnica

 

ÓLEO DE GIRASSOL (SEMENTES E PEPITAS) – contém altos teores de ácido linoléico (ômega 6) além do monoinsaturado ácido oléico (ômega 9) e de vitamina E. Trabalhos científicos mostram a importância desse óleo para evitar infecções e fortalecer a pele de recém nascidos. Na pele, o óleo de girassol retém umidade, tem ação emoliente e regenerativa.

Ficha técnica

 

 ÓLEO DE GERGELIM – é um óleo de uso milenar, pois foi um dos primeiros usado pelo homem por suas propriedades curativas. A medicina Ayurveda atribui a ele propriedades antibacterianas e antipatógenos de pele, como fungos causadores de caspa, pé-de-atleta e psoríase. Alguns trabalhos recentes indicam que o óleo de gergelim tem propriedades antioxidante e inibidora do crescimento de células cancerosas.   Ficha técnica

 

 ÓLEO DE LINHAÇA – É o único óleo vegetal que, como o óleo de peixe, apresenta altos teores de ácido α - linolênico (ômega 3). Por essa característica, tem efeito benéfico comprovado para pele, sistema cardio-vascular, nervoso, combate ao câncer e outros.

Ficha técnica

 

 

ÓLEO DE MACADÂMIA – contendo ácido oléico (ômega 9) e ácido palmitóléico (ômega 7), esse óleo é bastante estável em sua forma natural. O ômega 7 é um componente importante visto que o organismo o perde com o avanço da idade. Em uso cosmético, é indicado para peles secas , envelhecidas e para cabelos.

Ficha Técnica

 

ÓLEO DE SEMENTE DE ABÓBORA – rico em ácidos graxos insaturados e oxidantes (vitaminas), esse óleo é tradicionalmente usado em países como a Alemanha para vários fins medicinais. Estudos científicos mostram que eles reduzem colesterol e previnem problemas de próstata.

Ficha Técnica

 

RSS E-mail Print Comentar