Linha Matéria-prima

ESPECIALIDADES BRASILEIRAS
ESPECIALIDADES BRASILEIRAS
ÓLEOS BIOATIVOS
ÓLEOS BIOATIVOS
ÓLEOS TRADICIONAIS
ÓLEOS TRADICIONAIS

Newsletter

Informativos

Óleo de Amêndoa Doce

 

Visualize a ficha técnica em PDF

Um dos mais tradicionais óleos usados em massagens; inclusive pode ser usado puro em bebês. Evita a formação de estrias causada pela gravidez. Tem ação hidratante, emoliente e reparadora da pele. Também é indicado em formulações de produtos capilares.

 

FICHA TÉCNICA 

INCI: Prunus amygdalus dulcis oil
PARTE DA PLANTA UTILIZADA: sementes descascadas e selecionadas
MÉTODO DE EXTRAÇÃO: prensagem a frio
ENVASE E EMBALAGEM: ‘sparging’ com gás nitrogênio em PEAD (5L) ou frasco de vidro âmbar (1L)

PROPRIEDADES: óleo rico em ácidos graxos essenciais, principalmente o ácido oléico (ômega 9 ) e o linoléico (ômega 6). Sua ingestão regular promove redução de triglicérides no sangue, redução do colesterol ruim (LDL) e aumento do colesterol bom (HDL). Excelente carreador com ação hidratante, emoliente e reparadora da pele. Possui rápida penetração, nutrindo a pele e deixando-a macia e sedosa. Evita a formação de estrias causada pela gravidez, desde que seja usado frequentemente durante a gestação . Em cabelos apresenta forte ação emoliente. Na formulação de cosméticos, aumenta a espalhabilidade de cremes, loções e outros óleos.

USO COSMÉTICO: pode ser aplicado puro em peles de bebês e de mulheres grávidas. Em formulações, pode ser usado em qualquer concentração.

COMPOSIÇÃO EM ÁCIDOS GRAXOS (%)

Ácidos graxos

%

(C16:0) Palmítico

6-8

(C16:1) Palmitoléico

0,7

(C18:0) Esteárico

3

(C18:1) Oléico – ômega 9

64-82

(C18:2) Linoléico – ômega 6

8-28

(C18:3) Linolênico – ômega 3

0,4

 

DADOS FÍSICO-QUÍMICOS

Parâmetro

Referência

Aparência

Viscoso

Cor

Amarelo Claro

Odor

Sutil, Caracteristico

Índice de acidez (mg KOH/g)

máx. 4,0*

Peróxido (meq/kg)

máx. 15*

Umidade

0%

*Valores de referência para óleos prensados a frio e não refinados conforme RDC 270 de 22 de setembro
de 2005 (ANVISA).

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. Hyson, D.A., Schneeman, B.O., Davis, P.A. 2002. Almonds and almond oil have similar effects on plasma lipids and LDL oxidation in healthy men and women. Journal of Nutrition, 132:703-707

2. Beh Nia, H., Hosseini, M. 2000. The protective effect of almond oil and glycerin in Striae gravidarum. PEJOUHANDEH, 5: 317-320.

 

RSS E-mail Print Comentar